Cartaz de supermercado: como planejar uma promoção de sucesso?
Gestão de Negócios

Cartaz de supermercado: como planejar uma promoção de sucesso?

Pricefy

14/8/2018

This is some text inside of a div block.
April 30, 2021
This is some text inside of a div block.

Por causa dos avanços da tecnologia e da digitalização das mídias utilizadas no marketing, é muito comum que as pessoas duvidem da eficiência da promoção a partir de ferramentas tradicionais, como o popular cartaz de supermercado.

No entanto, os cartazes permanecem eficientes no varejo no que diz respeito à comunicação com o público e ao estímulo ao consumo. Porém, nem todos os estabelecimentos sabem trabalhar da maneira adequada com esse recurso, sendo que, muitas vezes, são causados mais problemas do que soluções com essa estratégia.

Neste post, mostraremos as principais informações que você precisa saber sobre o planejamento de promoções de sucesso no PDV com o uso de cartaz de supermercado. Quer saber mais sobre o assunto? Continue a leitura!

Quais práticas podem afetar uma estratégia de promoção com cartazes de supermercado?

Como citamos na introdução, apesar da forte presença de mídias tecnológicas no varejo e na sociedade moderna, estratégias promocionais com o uso de ferramentas, como o tradicional cartaz de supermercado, ainda são capazes de comunicar com o público com muita eficiência.

Todavia, não é raro nos depararmos com estabelecimentos que, por inexperiência ou falta de conhecimento sobre marketing, acabam não apenas causando um efeito contrário ao desejado como também gerando prejuízos ao negócio, levando o consumidor a se sentir enganado e, até mesmo, a processar a empresa.

Nos próximos tópicos, mostraremos algumas das principais práticas que podem prejudicar uma promoção com cartazes de supermercado. Veja a seguir.

Excesso de informações e cartazes no PDV

Sem dúvida, esses são os dois aspectos que mais prejudicam o impacto almejado na mensagem, além de fazerem com que os clientes percam o interesse de buscar pelas oportunidades expressas nos cartazes no varejo.

Existe uma máxima muito conhecida em marketing que afirma que "menos é mais". Em geral, ela se refere à comunicação e à identidade visual de uma peça publicitária ou produto. Traduzindo, significa que muitas ações que poderiam ser bem-sucedidas são invalidadas com o excesso de informação, o que gera poluição visual.

Sendo assim, cartazes de supermercado devem conter informações claras, objetivas e necessárias. Outro detalhe importante é evitar espalhar uma quantidade excessiva de cartazes pelo estabelecimento, já que isso gera o mesmo efeito negativo.

Poluição visual

Complementando o que falamos no tópico anterior, a poluição visual não se limita apenas ao excesso de informações contidas em um cartaz, mas também à forma como esses dados são transmitidos.

Alguns dos inúmeros problemas que devem ser evitados na hora de produzir um cartaz são:

  • papel rasgado ou amassado;
  • impressão com pouca tinta ou cores fracas;
  • erros de grafia;
  • aplicação de cartazes em paredes mal pintadas;
  • colocação de cartazes em ambientes mal iluminados.

Esse tipo de prática não apenas transmite uma imagem negativa do estabelecimento como também faz com que o consumidor enxergue a empresa com falta de profissionalismo e desleixo, afetando, assim, a credibilidade dela no varejo.

Letras muito detalhadas

Letras demasiadamente detalhadas — diferente do que algumas pessoas pensam — não geram um efeito positivo. Muito pelo contrário, fazem com que o consumidor perca a paciência e desista de tentar decifrar o que o cartaz diz.

Uma peça publicitária deve considerar o fato de que os compradores potenciais têm rotinas corridas e que estão diante de milhares de informações sobre produtos e serviços de variadas empresas.

Dado o contexto, a mensagem precisa ser transmitida de forma clara, limpa e objetiva, permitindo que o consumidor "bata o olho" e entenda rapidamente o que está escrito ali.

Veracidade e integridade das informações

Todos sabem que o varejo — para ganhar a atenção dos consumidores — às vezes utiliza artifícios e métodos um pouco questionáveis. Contudo, a veracidade das informações nos cartazes de supermercado deve ser sempre uma prioridade nas estratégias de uma empresa. Existem formas de gerar impacto e chamar a atenção sem manipular ou omitir a verdade.

O fato é que não vale a pena correr o risco de fazer o estabelecimento ser processado ou denunciado ao Procon por causa de uma simples propaganda em um cartaz, concorda? Afinal, esse é o tipo de situação que não gera somente prejuízo financeiro, mas também afeta a imagem do negócio e prejudica sua credibilidade diante do mercado.

Tome muito cuidado com as informações apresentadas em seus cartazes, principalmente aquelas que mencionam promoções "imperdíveis". As condições para que o cliente usufrua dos benefícios não devem ser omitidas, tampouco escritas em letras miúdas.

Qual o objetivo em investir em uma promoção com cartaz de supermercado de sucesso?

Agora que você já conhece as principais práticas que devem ser evitadas em suas estratégias promocionais com cartazes, é hora de entender as finalidades de uma promoção de sucesso.

Atrair os consumidores com informações relevantes

Uma ação para promover produtos em um supermercado não precisa se restringir apenas ao fornecimento do nome e do preço do item. Informações úteis e relevantes menos específicas também podem atrair o consumidor.

Pequenos cartazes (que respeitem a regrinha do "menos é mais") bem posicionados ao lado de um produto podem agregar conhecimento e valor ao item, despertando o senso de necessidade no cliente.

Por exemplo, em um ambiente propício e adequado, pode-se colocar cartazes destacando os benefícios que um determinado alimento ou bebida proporciona à saúde, como "uma taça de vinho por dia faz bem para a saúde do coração", na seção de vinhos.

Estimular o consumo de forma humanizada

No varejo, o objetivo principal dos cartazes é dar aos clientes informações sobre os produtos, como as seguintes:

  • preço;
  • categoria;
  • marca;
  • características do produto.

No entanto, os cartazes não servem apenas para estimular o consumo. Eles também podem mostrar que ali os consumidores são bem atendidos e que o estabelecimento se preocupa com questões humanitárias. Vale a pena reservar espaços para divulgar ações sustentáveis e sociais, como o apoio a instituições de caridade e a reciclagem seletiva.

Transmitir sensações com linguagem adequada

Por fim, vale mencionar uma das principais finalidades do cartaz de supermercado: a comunicação que transmite sensações por meio de linguagens adequadas ao perfil de cada cliente.

Existem termos que se comunicam melhor com um tipo específico de público. Por exemplo, palavras como "oportunidade", "promoção" e "imperdível", em geral, conseguem obter bons resultados em estabelecimentos para as classes D e E.

Já o público de alto poder aquisitivo se identifica mais com palavras que transmitem a sensação de exclusividade, como "único", "lançamento", "novidade", "premium", "gourmet" e "delicatéssen".

Como você pôde conferir, o cartaz de supermercado não é uma ferramenta obsoleta, apesar da forte presença da tecnologia no mundo da comunicação. Quando bem empregada, uma estratégia promocional com cartazes é capaz de gerar ótimos resultados e aumentar as vendas no PDV.

Este conteúdo foi útil para você? Então, assine a nossa newsletter para receber mais artigos como este todas as semanas e se manter atualizado sobre o mercado!

Conteúdos relacionados