8 dicas para tornar seu PDV criativo e engajar seus consumidores

8 dicas para tornar seu PDV criativo e engajar seus consumidores

Pricefy

6/12/2017

This is some text inside of a div block.
September 3, 2021
This is some text inside of a div block.

O consumidor está cada vez mais exigente em seu relacionamento com as empresas. Quando falamos de varejo, além de preços atrativos e qualidade dos produtos, as pessoas buscam boas experiência de compra.

Nesse contexto, criar um PDV criativo é uma forma de se destacar da concorrência e aumentar as vendas. Esse é um desafio para todo gestor, afinal, existem vários detalhes que devem ser analisados. Neste artigo, trouxemos oito dicas para ajudar nesse processo. Acompanhe!

1. Mude o layout da loja

O design pode influenciar a forma como o consumidor localiza os produtos, interage com eles e, muitas vezes, decide pela compra. É necessário criar uma boa primeira impressão, mostrando por meio da disposição do ponto de venda que ali está o que ele procura. Mesmo que o cliente não estiver procurando, ele deve ser instigado e persuadido a criar uma necessidade de adquirir aquele produto.

Caso você esteja sentindo dificuldade em atrair a atenção das pessoas, talvez seja a hora de mudar o layout da loja. Analise o espaço disponível e invista em mudanças na iluminação, nas cores, na disposição dos produtos, entre outros pontos importantes. Essa é uma forma de envolver o consumidor e tornar o ambiente mais propício para a compra.

2. Invista em decorações estilizadas

O ano está cheio de datas comemorativas, e essa é uma oportunidade de sempre inovar e surpreender o consumidor. Você pode fazer alterações na decoração do seu espaço, formando um PDV criativo com cores, objetos e outros elementos visuais para proporcionar uma experiência especial ao cliente.

Outra dica é apostar no marketing sensorial. Por exemplo: na Páscoa, que tal deixar a loja com aroma de chocolate? Algumas datas têm músicas características, como o Carnaval, as Festas Juninas e o Natal. Incluir uma trilha sonora também é uma forma de fazer os consumidores entrarem no clima e comprarem mais.

3. Melhore a exposição dos produtos

De acordo com o Sebrae, melhorar o visual merchandising pode aumentar entre 12% e 40% as vendas do seu PDV. Além do layout, é necessário ficar atento à forma como os produtos são dispostos no ambiente. O primeiro ponto a ser analisado é a aparência dos itens. Evite a presença de pó, riscos, marcas de envelhecimento ou objetos com defeito.

Além disso, é necessário padronizar a disposição dos produtos. Itens desorganizados podem prejudicar a decisão de compra e passar uma imagem negativa da sua loja. Faixas de gôndola e stoppers podem ajudar nesse momento e deixar o PDV criativo.

Outra forma de melhorar a exposição dos produtos é colocando itens de grandes marcas em destaque, utilizando um display de chão, por exemplo. No caso de promoções, é interessante destacar ainda mais os produtos. Uma opção que pode ajudar é o uso de peças como o wobbler, móbile promocional ou banners promocionais.

4. Faça a sinalização do ambiente

Quem nunca entrou em uma loja e se sentiu perdido? O primeiro impulso é ir embora e procurar a concorrência, não é mesmo? Para evitar esse transtorno na sua loja, é fundamental investir na sinalização do ambiente. Padronizar cartazes, placas e etiquetas, além de criar um ambiente mais agradável, ajudam o consumidor a se situar e achar o que procura.

Também é interessante realizar a padronização visual dos preços. Essa é uma forma de tornar o processo mais ágil e atender às normas e leis. Além disso, o consumidor vai identificar as informações mais rápido, facilitando a decisão de compra.

5. Torne o ambiente mais confortável

A experiência de compra é um dos aspectos mais importantes a serem priorizados em uma estratégia de marketing para o varejo, pois envolve uma série de questões comportamentais que o cliente não percebe conscientemente, mas que afetam as suas decisões de consumo.

Dito isso, é fundamental tornar o ambiente do PDV mais confortável para os clientes. Aposte em uma decoração agradável, mas que tenha ligação com a identidade visual do negócio. Até mesmo as músicas de fundo devem ser pensadas, tendo como base as preferências do público-alvo.

Evite deixar pontos do estabelecimento com pouca iluminação (falaremos mais sobre isso adiante). Invista em um sistema de controle de temperatura, já que durante o verão, por exemplo, o fato de uma loja ter ar-condicionado ou não é um fator decisivo na hora de tomar a decisão de compra. Estamos falando de marketing sensorial.

6. Aposte na inovação

Nada contra os modelos clássicos de disposição de produtos, mas em uma estratégia de PDV criativo é possível ir muito além. Use sua criatividade para gerar inovação dentro da loja.

Aposte em materiais de comunicação visual digitais e analógicas, como:

  • luminárias de LED;
  • banners;
  • faixas.

Há uma variedade de materiais disponíveis, mas não se esqueça do bom senso e da máxima "menos é mais". Destaque seus produtos de forma atraente e equilibrada. O ideal é não se prender ao de sempre por receio, porém evitando excessos.

7. Organize a exposição

Usar a criatividade é uma ótima tática para melhorar a identidade visual do negócio. Contudo, isso não quer dizer que os produtos não devam ser organizados categoricamente:

  • posicione os itens de acordo sua credibilidade no mercado e o seu fluxo de vendas no estabelecimento;
  • sempre ocupe as prateleiras de cima a baixo, variando entre os modelos da mesma marca. A ideia é desenvolver uma visualização vertical;
  • disponha os produtos de maneira estratégica conforme as necessidades de seu público. Por exemplo, em uma supermercado, coloque os itens de compra por impulso próximos ao caixa, para agregar valor ao ticket-médio por compra.

8. Invista em uma boa iluminação

Lembra quando falamos sobre proporcionar um ambiente agradável? Pois bem, a iluminação é importante por diversos motivos, entre eles a experiência de compra do cliente no PDV.

O que queremos dizer é que um ponto de venda mal iluminado ou com ambientes escuros tende a esconder suas mercadorias e a causar uma impressão negativa nos consumidores. Por consequência, o fluxo de vendas é prejudicado e os resultados da empresa são afetados.

Sendo assim, o trunfo do estabelecimento varejista está em sua capacidade de expor produtos ao público de maneiras criativas e atraentes, para conquistar novos consumidores.

Dito isso, algumas boas práticas para tornar seu PDV criativo, tendo a iluminação como prioridade, são:

  • torne todo o ambiente físico do PDV mais claro;
  • tenha cuidado para que as luzes não distorçam as cores dos produtos e cause decepção nos clientes após a aquisição;
  • foque as luzes nas mercadorias que deseja destacar ou em produtos que têm dificuldade para atrair olhares, com a finalidade de aumentar as vendas.

Destacar-se no mercado exige conhecimento do seu público-alvo, criatividade e investimento. As necessidades do consumidor mudam com frequência, por isso, é necessário ficar atento ao mercado para realizar as mudanças necessárias. Ter um PDV criativo é uma ótima ideia e com essas oito dicas fica mais fácil de fazê-lo, não é mesmo?

Gostou das ideias sobre como tornar seu PDV criativo e engajar os consumidores? Então assine nossa newsletter e compartilhe este conteúdo nas redes sociais com os seus amigos!

Conteúdos relacionados