Conheça os melhores tipos de letras para fazer cartazes
Gestão de Negócios

Conheça os melhores tipos de letras para fazer cartazes

Pricefy

24/5/2018

This is some text inside of a div block.
April 22, 2021
This is some text inside of a div block.

Os cartazes são ferramentas de grande valia quando a intenção é interagir com um público e expor informações, ofertas ou anúncios de maneira direta e funcional.

Em uma estratégia cartazista, o fator mais importante é garantir que a mensagem transmitida seja facilmente compreendida pelo público ao qual se destina — e isso passa diretamente pela escolha dos tipos de letra.

Em outras palavras: a pessoa deve olhar a mensagem, a imagem ou o texto exposto e imediatamente compreender. Logo, é fácil constatar que o cartaz deve ser o mais simples e objetivo possível, correto?

Para tanto, prestar atenção em detalhes, como cor, tamanho da fonte e tipo de letra é imprescindível — e é por isso que estamos aqui.

A seguir, vamos falar sobre as principais táticas para atrair a atenção do consumidor e sobre quais são os melhores tipos de letra para fazer cartaz. Acompanhe!

Quais são os principais tipos de letras para fazer cartaz?

A tipografia é um importante elemento no design de cartazes. É a partir dela que é possível encaixar um texto nos conceitos idealizados em sua estratégia cartazista e definir quais tipos de letras são mais indicadas para sua proposta. Conheça abaixo os principais tipos.

Sem serifa

São as fontes que não apresentam prolongamentos e traços nas extremidades das letras, como é o caso da Arial. As fontes sem serifa possibilitam um design mais clean e de fácil leitura para cartazes, banners e conteúdos com mensagens diretas e curtas.

Com serifa

As fontes com serifa, por sua vez, são aquelas com detalhes e traços nas extremidades, denotando um caráter ornamental. Esse tipo de fonte apresenta um perfil mais tradicional, como é o caso da Times New Roman.

Cursivas

Já as fontes cursivas geralmente são utilizadas em certificados, diplomas, convites de festas, de eventos em geral e de casamentos. Em grande parte das vezes, elas são mais ornamentadas e transparecem uma sofisticação maior. Contudo, seu uso não é indicado para textos longos devido ao nível de detalhamento.

Decorativas

As fontes decorativas são aquelas cujo principal objetivo é chamar a atenção do interlocutor. Como geralmente elas fazem uso de efeitos visuais, é importante que sejam utilizadas com prudência e para fins específicos.

As fontes decorativas costumam ser empregadas em propagandas de filmes, peças artísticas e similares.

Quais os melhores tipos de letras para fazer cartaz?

Nesta seção, vamos apresentar 4 tipos de letras para cartazes que promovem uma boa divulgação.

Bodoni

Bodoni é uma família de fontes serifadas, concebidas no fim do século XVIII pelo tipógrafo italiano Giambattista Bodoni. Elas aparecem em uma série de variedades, como itálico, sombreada, aberta, condensada e muito mais.

As versões digitais incluem Bodoni Antiqua, Bodoni Old Face, WTC Our Bodoni e outras. Uma variante chamada Poster Bodoni é usada nos cartazes dos dois filmes da série “Mamma Mia!”, e uma tipografia inspirada em Bodoni compõe a famosa logomarca da banda Nirvana.

A Bodoni é muito popular em cartazes por sua grande legibilidade e um certo ar de sofisticação, mas sem ficar muito pretensiosa. Fica melhor quando impressa em papel de boa qualidade, que destaque os detalhes das serifas.

Eurostile

Tipo sem serifa e geométrico, de autoria do designer italiano Aldo Novarese. Foi produzida por encomenda em 1962 para a empresa Nebiolo Printech, fabricante de impressoras e papel.

A natureza linear dessa fonte sugere a arquitetura moderna, com seus apelos técnicos e funcionais. Os formatos quadros com cantos arredondados lembram as telas de televisão dos anos 50 e 60.

A Eurostile é usada nas logomarcas de muitas empresas, como Casio, Geico, Nokia, Subaru e Toshiba. Também está em cartazes de filmes de ficção científica, como “2001: Uma Odisseia no Espaço”. Com alta legibilidade, é a tipografia ideal para marcas com identidades modernas e tecnológicas, ou para vender dispositivos de informática.

Futura

Desenvolvida em 1927 pelo alemão Paul Renner, é uma fonte sem serifas. Sua base são as formas geométricas, em especial o círculo, que pode ser visto em quase todas as letras, como 'a', 'b', 'c', 'd', 'p', 'q' e muitas outras. É uma fonte desenhada para ser moderna e é popular até hoje. Está presente em nada menos do que na placa deixada na Lua pelos astronautas Neil Armstrong e Buzz Aldrin, em 1969.

A Futura é usada por muitas empresas em cartazes e publicidade, evocando modernidade e limpeza. Por poder ser lida mesmo a grandes distâncias, fica bem em cartazes de supermercados. De leitura rápida, ela é adotada em painéis de veículos, como carros da Mercedes-Benz e aviões da Boeing.

Garamond

Um grupo de antigas tipografias concebidas pelo francês Claude Garamont (c. 1510 – 1561). A ideia do estilo é produzir letras com uma estrutura relativamente orgânica, propositalmente imperfeitas, como se tivessem sido escritas à mão com uma caneta, ainda que com um design mais estruturado e reto.

É uma tipografia muito elegante, usada em muitos livros e que fica realmente melhor no papel. É em Garamond que foi escrito o famoso slogan "Think different" da Apple nos anos 80, bem como a marca Abercrombie & Fitch.

A Garamond fica bem em cartazes de produtos elegantes, como roupas e móveis sofisticados, e para PDVs (pontos de vendas) como livrarias, cafés e lojas sofisticadas de móveis.

Como a diagramação afeta a experiência do cliente?

Alguns fatores da diagramação de cartazes afetam diretamente a experiência do cliente, tais como a legibilidade e a uniformidade. Entenda melhor em seguida.

Legibilidade

Manter o cartaz legível é indispensável para que seu intuito seja concretizado. Além da escolha da fonte, você deve observar também se é fácil ler e compreender a mensagem estampada, tanto de perto quanto de longe. Ou seja, estando a 50 centímetros ou a 20 metros, por exemplo.

Uniformidade

A uniformidade refere-se a quanto a diagramação do cartaz é agradável aos olhos de quem o observa. Nesse ponto, você deve avaliar a escolha de fontes em caixa alta e caixa baixa e, também, verificar em quais tipos de cartaz a alternação dos dois tipos é válida e em quais não.

Os cartazes mais simples com mensagens curtas geralmente comportam fontes em caixa alta. Porém, nos cartazes com informações extensas, é indicado alternar caixa alta com caixa baixa para facilitar a leitura.

Como atrair a atenção do consumidor?

Alguns detalhes são fundamentais para o sucesso de uma estratégia de cartaz. A seguir, reunimos as principais dicas que você deve colocar em prática para cativar o consumidor:

  • tenha cuidado para não pecar pelo excesso: uma grande quantidade de cartazes dificulta o entendimento dos clientes e, por vezes, pode até desencorajá-lo a ler o que está sendo exposto;
  • priorize o simples: fontes muito ornamentadas ou cheia de detalhes dificultam a compreensão e transmitem a ideia de amadorismo;
  • lembre-se de, com frequência, renovar os cartazes e retirar, em tempo hábil, os que se referem às promoções ou aos produtos que já acabaram;

Saber utilizar os diversos recursos disponíveis em um cartaz é essencial para chamar a atenção dos clientes. Com isso em mente, escolha os tipos de letra mais adequados à mensagem que você deseja passar ao cliente.

Gostou de aprender mais sobre tipos de letra para fazer cartaz? Então siga a gente no Facebook, Instagram, LinkedIn e YouTube e fique por dentro das nossas dicas em cartazeamento, marketing e promoções!

 

Conteúdos relacionados