Trade Marketing no Varejo: por que investir?

Trade Marketing no Varejo: por que investir?

Heading

24/3/2022

This is some text inside of a div block.
March 24, 2022
This is some text inside of a div block.

O marketing é indispensável para atrair e satisfazer as necessidades do consumidor. No entanto, existem outros agentes importantes no horizonte de um plano de vendas do varejo, como distribuidores e fabricantes. Por isso precisamos falar sobre Trade Marketing no varejo, estratégia que trabalha o relacionamento entre cada um desses elementos

No Trade Marketing, o objetivo é trabalhar a relação entre as empresas que realizam a distribuição dos produtos, para então chegar no consumidor final, aumentar o consumo e impulsionar as vendas. 

Neste texto, você vai entender, definitivamente, o que é o Trade Marketing, quais são suas principais estratégias e porque vale a pena aplicá-las no varejo. Boa leitura!

O que é o Trade Marketing?

Diferente do marketing tradicional, que tem o consumidor como objetivo principal, o Trade Marketing é focado na relação com distribuidores, atacadistas e varejistas. É um conceito que visa executar estratégias para expor produtos no ponto de venda de forma atrativa para os shoppers. 

Um dos principais objetivos do trade é aumentar a visibilidade das mercadorias nas gôndolas, para assegurar que os produtos sejam bem aproveitados nos pontos de venda. 

Portanto, organizar as prateleiras com eficiência é crucial para garantir que as principais ofertas tenham um impacto considerável no público que se deseja alcançar.

Dessa forma, o objetivo do Trade Marketing é, também, aperfeiçoar as estratégias de posicionamento da loja no mercado. Esse conceito é usado na busca por maximizar a competitividade de uma empresa e seus produtos. 

Essa estratégia será bem sucedida quando, a partir da conexão entre fornecedor e varejista, for possível conquistar um lugar para a mercadoria no ponto de venda.

Sendo assim, a função do Trade Marketing é garantir que, a partir de uma negociação bem sucedida, a relação de parceria seja proveitosa, tanto para as lojas como para os distribuidores!

Por que investir?

O Trade Marketing busca otimizar o processo de vendas dos produtos, a partir de um detalhamento de cada etapa deste processo. Neste caso, a abordagem B2B é indispensável para promover uma conexão que alcance o objetivo final com eficácia: conquistar o consumidor no ponto de venda e melhorar os resultados.

Essa estratégia fornece uma série de benefícios para um negócio. Por isso, listamos, a seguir, alguns dos principais motivos que devem te levar a investir no Trade Marketing no varejo

Incentiva uma abordagem estratégica para o negócio

Trabalhar o conceito de Trade Marketing exige, dos profissionais envolvidos, uma percepção abrangente de uma empresa varejista. Sendo assim, as ações de Trade promovem uma visão estratégica na gestão do plano de negócios. 

Com essa perspectiva é possível fazer ajustes e modificações em processos que não estão trazendo resultados positivos.

Fortalece a parceria entre os varejistas 

Quando fornecedores, fabricantes e varejistas trabalham em parceria, aumentam as chances de sucesso dessa relação. Portanto, o trabalho do Trade Marketing é otimizar ações que façam isso funcionar na prática. 

Promoções e incentivos estratégicos realizam conexões que possibilitam um fluxo positivo em toda essa lógica de mercado.

Otimiza o conhecimento e o valor de marca

As ações de trade têm como objetivo convencer os parceiros de que alocar os seus produtos é vantajoso. Para que isso aconteça é necessário aplicar estratégias que valorizem as mercadorias e seus benefícios. 

Esse processo, quando bem sucedido, melhora a percepção da marca na perspectiva dos parceiros, e claro, do consumidor. 

Trabalha valor dos produtos com mais abrangência

As estratégias já citadas de valorização dos produtos podem ter um impacto significativo no Trade Marketing. A partir de um posicionamento estratégico da marca é possível atribuir às mercadorias um valor diferenciado. 

O objetivo é comunicar com eficiência o valor de cada produto para além do preço, destacando os benefícios e características especiais da mercadoria.

Como colocar o Trade Marketing em prática no varejo?

Agora que você já entendeu o que é o Trade Marketing e seus benefícios para a gestão do varejo, então, chegou a hora de conhecer as principais estratégias para colocar essa abordagem em prática!

Mas antes de entender quais são essas estratégias, é necessário passar pela primeira etapa, para que elas funcionem: o planejamento. É primordial conhecer a realidade da loja e as especificidades de seus fornecedores, consumidores e shoppers.

Esse conhecimento pode ser alcançado por meio de análises na loja, a partir de dados sobre as vendas realizadas e as características de cada stakeholder. 

Para fazer esse raio-x, a tecnologia é imprescindível. Somente com a inteligência de dados é possível reunir todas as informações e processá-las para gerar insights que otimizam as tomadas de decisão no momento de planejar as ações de Trade Marketing.

Agora sim você vai conhecer algumas das estratégias mais importantes na aplicação do Trade Marketing no varejo!

Ações pré-store e in-store

Para entender as estratégias de Trade Marketing, um bom começo é separar o que acontece fora da loja (pré-store) e dentro (in-store). 

No pré-store é importante realizar ações que promovam o engajamento com a marca e chamem a atenção. 

Propagandas, marketing digital e outras estratégias informam sobre a qualidade dos produtos ofertados e acessam, por exemplo, consumidores que nem sabiam que precisavam comprar determinada mercadoria.

Já no in-store, o foco deve ser em ações que estimulem compras por impulso. Neste caso é importante desempenhar estratégias de precificação e promoção dos produtos.

Dentro da loja, claro, é indispensável trabalhar o ponto de venda com excelência. Sendo assim, oferecer clareza sobre os produtos, seus preços, condições e características garantem uma melhor experiência de compra e aumentam as vendas!

Organização estratégica das gôndolas

Expor os produtos nas gôndolas com qualidade e destacá-los ao máximo é parte fundamental da essência do Trade Marketing. Portanto, é importante que sua loja alcance eficiência máxima na organização estratégica das gôndolas.

É necessário posicionar os produtos em locais que favoreçam a melhor visualização por parte de quem observa as prateleiras. Afinal, toda a loja existem oportunidades de alocar mercadorias que se relacionam entre si e podem possibilitar vendas casadas!

Estratégias de visual merchandising

Além da organização das gôndolas, é importante investir em outras estratégias de atração. O visual merchandising, por exemplo, é primordial neste objetivo. Ele é responsável por impulsionar estímulos visuais positivos sobre os produtos.. 

Neste momento é importante garantir o alinhamento com a identidade visual, os valores e os objetivos da empresa. Afinal, além de vender produtos, ao longo da experiência de compra, se transmite ideias e mensagens que formam a percepção sobre a marca!

O Trade Marketing é uma ferramenta em que garante a expansão da marca, o que se torna um investimento necessário. Além disso, ao reforçar o contato entre varejistas, todo o processo de vendas é otimizado, até chegar ao consumidor final. 

Clique e conheça mais estratégias de vendas para garantir o sucesso de sua loja!

Conteúdos relacionados